«Agradece a escuridão do teu dia, pois é nela que encontrarás a luz de que necessitas para viver.»

Agerasia


Sonhos violetas, sonhos de algodão
Sonhos são flores junto ao litoral
Sonhos de amor, orvalho matinal
Sonhos, a esperança da solidão

Sonhos de prata, luar de condão
Sonhos são o devasso virginal
Sonhos de liberdade, lua imortal
Sonhos, a luz no meio da escuridão

Sonhos, um arco-iris crepuscular
Vermelhos, azuis que importam as cores
Se é de Morfeu que temos tal virtude

Sonhos, o opio de eterna juventude
Como se pode ousar os subjugar
Em função de rotina e temores

Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo
Ocorreu um erro neste dispositivo