«Agradece a escuridão do teu dia, pois é nela que encontrarás a luz de que necessitas para viver.»

Procurando-te

Vagueio descalça nas ruas da calçada
Procurando-te na luz das estrelas
Que teimam em não dar anuncio delas
Procuro-te numa brisa parada

Procuro-te na música calada
Nas aromatizações dessas celas
Pergunto à lua porque não te revelas
Para tornar a minha noite encantada

Procuro-te na música calada
Nas aromatizações dessas celas
Pergunto à lua porque não te revelas
Para tornar a minha noite encantada

Aguardei, anos, nunca me deste sinal
Choro um sonho de amor que não esqueci
Soluçando, caindo no lamaçal



Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo
Ocorreu um erro neste dispositivo