«Agradece a escuridão do teu dia, pois é nela que encontrarás a luz de que necessitas para viver.»

Amor soís...

Amor sois frequente mutilar

Que nos contenta e corrói-nos pela alma

Conforta e delicadamente espalma

É sofrer para ao outro agradar


É sorrir quando apetece chorar

É constante inquietação doce e calma

Uma cruz que deixa sempre algum trauma

É preparar-se para o degolar


É tornar o Inferno no Paraíso

Saber transformar o longe no perto

É tentar ser moral, sem nenhum siso


São lágrimas ardentes num sorriso

Que deixa o homem num estado incerto

Quanto mais se foge maior enfatizo


Sem comentários:

Enviar um comentário

Ocorreu um erro neste dispositivo
Ocorreu um erro neste dispositivo